Follow by Email

sábado, 19 de agosto de 2017

Sentir

            SENTIR
            SENTIR
            SEM TI IR
            SEM TI IR
SEM IR        SETI
SEM IR        SETI
SEM RIR     SETI
SEM RIR     CEM DE TI
SEM RIR     CEM DE TI
         
              SEM
              SEM
              SEM SENTIR
              SE SENTIR
              SE SENTIR SEM
              SE SENTIR CEM
              SIM SENTIR
              SENTIR

Deborah MM

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Prece

Ouvi os seus nomes...
Será que um deles me atenderia?
Tantos lugares idos
Nenhum deles bastou
Será que o meu pedido é demais?
Estou cansada , não aguento mais...

Na verdade, o pedido não é meu...
É daquele menino que não teve o mesmo que eu
Será que posso fazer uma pergunta também?
Porque esse menino? Porque aquele? Porque eu?
O silêncio respondeu...

O pedido é tão bonito
Não precisa ter favorito
Apenas salvar os proscritos
e seus direitos legítmos
Salve o mundo que habito.


 Deborah MM











segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Alice

Essa é uma longa história,
que não fala da menina Alice...
Para mim, a história fala da imaginação
e como na melodia de uma canção
Imaginação mostra seu país de maravilhas
Nesse lugar tudo pode...
Abrigo de verdades inventadas
e de verdades verdadeiras
Imaginação as costura
em sua colcha de retalhos
como quem brinca de escrever o destino
passado,presente e futuro existem concomitantemente
em um tempo verbal único
o da imaginação
em que não há linhas retas, apenas linhas curvas...

Conte Alice! Conte Imaginação!
Conte Alice! Conte Imaginação!
Conte Alice! Conte Imaginação!
Conte Alice! Conte Imaginação!
Conte mais uma história
Conte pelo teu prazer de contar
Conte pela minha felicidade de ouví-las
Conte e espalhe o teu país de maravilhas

 Deborah MM





domingo, 13 de agosto de 2017

As mulheres dos meus olhos

Conheço uma portuguesa...
Cujo o suspiro é eufórico,
sentido e codificado
às vezes apaixonado...

Conheço outra que me leva...
Através de rios e mares dos seus cabelos,
pelas palpitantes e íngremes serras
no colo das terras ...

Conheço outra que me faz dormir...
Seu discurso interessante
Sua calmaria de quem é o tempo,infinita
Ela tem todo o tempo da vida...

Conheço outra que me questiona
sem pedir respostas...
Ela me deixa louca
quando não me permite abrir a boca...

Conheço as trigêmeas
Uma leve como as folhas
A outra é complexa
Repleta de misturas
A última irmã
É espontânea, experimenta de tudo
Ela procura explicar o mundo.

Conheço outra...
Essa é silenciosa...
Diferente de tudo
É a mais bela do mundo...
No meio de seus problemas
Ela me faz pensar sempre no novo...
Suas ideias queimam como fogo

Que encantamento...
Essa tua certeza de preto no branco
Esses sorrisos tímidos e discretos
Sempre enigmática
És linda matemática...

DeborahMM


domingo, 6 de agosto de 2017

Eu

Eu sou poeira das estrelas...
Eu sou um pontinho...
Eu estou dentro de um universo infinito...
Eu vivo em um das várias galáxias
Eu moro em um planeta
Eu sou uma
Eu sou mais uma
Eu sou uma das milhões de pessoas
Eu sou mais uma no mundo
Eu sou tão pequena
Eu não sou nada
Eu não sou ninguém
Eu nem existo
Eu me crio
Eu acho que fiz algo de errado
Eu nunca imaginei que...
Eu nunca sonhei que...
Eu poderia ser tão eu
Eu penso que...
Eu seria eu de novo
Eu seria
Eu sou
Eu escolho ser
Eu sou eu
Eu ,me sou
Eu sou de um jeito
Eu sou como só eu posso
Eu e fim
Eu, eu em mim.

Deborah MM




quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A Verdade

Nas entrelinhas da arte,
no cantinho da alma,
pode acontecer tudo,
inclusive nada.

Não é preciso um perfume,
nem um toque,
nem alguém na mente . . .
Basta imaginar simplesmente.

Melhor que ter,
que viver . . .
É sentir sem limites
O sentir além da superfície

A doce melancolia,
desse suspiro constante,
desse para sempre,
que acaba em poesia,
ou quando abro os olhos todo dia.

Deborah MM






segunda-feira, 31 de julho de 2017

Encontro Marcado

Eu me encanto
com esse nosso encontro
a todo momento
em todos os dias

Por quanto tempo te procurei
Achei que não fosse encontrar
Senti tanta saudade
Hoje a gente mata nossa vontade

Que sensação louca!
Reconheço em mim o meu cheiro
Me encontro nos meus gestos
Com os dois olhos abertos

Eu me encontro em você
Você que sou eu
Eu que quero estar dentro e fora
Em mim é onde eu moro agora.










sábado, 29 de julho de 2017

Galinheiro

Todo dia é aquele bom dia
aquele coro
o eco desses cumprimentos
me preenche os ouvidos
e os meus pensamentos perdidos.

É tudo de novo
ano após ano,
Ao mesmo tempo é diferente
Vai ser assim pra sempre?

Eu guardo os sorrisos,
os olhares curiosos,
a ansiedade pelo novo,
aquela descoberta de si ao sair do ovo.

O meu novo é velho...
O meu velho é novo...
De novo...
De novo...
De novo...
até sair de outro jeito do ovo...

Por enquanto,
Eu fico...
Eu vou...
Eu volto...

Para aquele bom dia
De hoje...
De amanhã...
De sempre...
De novo...
Com o bom e velho ovo.

Deborah MM











quarta-feira, 26 de julho de 2017

Te desejo

Que eu ame
Não a deusa que está a minha frente
Mas a mulher que você é
Que o perfume leve e único da tua pele
Se torne ainda mais perfeito
Conservado por gotas salgadas de suor
Que o calor dos teus braços me bastem
Ainda que ambas tenhamos frio
Que tu não estejas cercada de plumas e seda
Mas que tenhas o diamante mais caro
Aquele que diz "Como foi o seu dia ?" todas as noites
Que tu não estejas rodeada de escravos e servos em um castelo
Mas tenha o conforto de um lar
Que ninguém te prometa amor para sempre
Nem hoje,nem amanhã e nem nunca
Que tu recebas respeito,companheirismo, sinceridade
Gentileza, generosidade e lealdade
E que assim saibas sem que ninguém o diga
O quanto tu és amada
Não por mim
Não pelos outros
Mas pelo o universo
Que te ilumina de vida
A cada momento em que tu suspiras.

DeborahMM






segunda-feira, 17 de julho de 2017

O banho

Eu gosto de banho frio
Aquele para ir trabalhar
Que me faz levantar
Ainda que esteja cansada
Como se estivesse na tomada.

O teu frio me faz forte
Com ele desafio o dia
E suporto todas as temperaturas
Sem ir a loucura.

No frio da minha pele
O calor do dia me invade
E antes que o dia acabe
Outro banho mais tarde.

Eu gosto do banho quente
Aquele para ir dormir
Que me faz relaxar
Ainda que esteja eletrizada
Como se não estivesse cansada.

O teu calor me acalma
Com ele, eu descanso na madrugada
Aquecida para enfrentar o dia
E mais uma vez o transformar em poesia.


DeborahMM


quarta-feira, 12 de julho de 2017

Sonho

Não é preciso ouvir
Basta sentir
A vibração grave
Uma palpitação age
O aroma doce
Parece aquele perfume das flores
Que me embriaga
Me faz corar
Me faz acordar
Dessa fantasia de sonhar.

DeborahMM