Follow by Email

terça-feira, 17 de julho de 2018

Ela

Saiu ao raiar do dia,
cedo iniciou sua melodia,
o destino mudou sua poesia,
seguiu para outra vida

Trilhando um caminho diferente,
sob a luz do sol nascente,
escolhendo e se sentindo mais gente,
antes do descer do sol poente

Caminhe,viaje... É você quem gere!
Ao som dos pássaros ou  no balancb do reggae
Escute o que ela de dentro pede
e siga sempre leve.

Deborah MM


segunda-feira, 9 de julho de 2018

Interessante


É estranho! Muito estranho!...
O que é do outro, é do outro...
As vezes a derrota não traz ganho... 
Ouvidos moucos...
Quem diria? Em um breve momento epifânico...
Amar pode ser pouco,
sempre estar sujo dentro e fora do banho
para depois apenas ficar louco,
indiferente ao menino e ao homem em tamanho
seguindo a fantasia do “botânico”.

DeborahMM


quarta-feira, 4 de julho de 2018

Lupa

Ao contemplar o horizonte, silêncio,
uma calmaria leve de sentir ao vento o cio,
No entanto, enclausurada uma rosa não se abriu

Não foi obrigada,
No entanto, ninguém sabia de nada
Porquê? O que ela guardava?

Ela sorria e chorava a todo momento,
não havia mais tempo,
estranhamente isto lhe era alento

Eis o cárcere enigmático,
Lágrimas sofridas de uma atmosfera simpática e
Sorrisos apáticos.

DeborahMM





Silêncio

A respiração pausada e breve,
acompanhada de um olhar atento,
e um pensamento que pede,
o tremor, o balanço de vento,
com as mãos espalmadas como quem mede,
sem irromper a solidão do silêncio.

DeborahMM

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Cometa

Como um cometa,
a percorrer o céu,
talvez eu cometa,
o sacrilégio de jogar ao lèu,
não como está,
mas ainda assim o meu e o seu  papel,
depois,nem venha me perguntar,
o que houve com a doçura do mel,
ou apenas comentar,
e sem capa e sem véu,
olhando para a meta, cometa, cometa, cometa
assim um cometa dá a Terra um chapéu,
olhando e perguntando como está?!

DeborahMM




segunda-feira, 18 de junho de 2018

É tempo



É tempo de ser semente,
quando se é guardado e protegido,
posterior ao amor nascido.

É tempo de ser planta,
quando você levanta,
assumindo que não é mais criança.

É tempo de ser pólen,
quando se está forte,
seguindo, assim,  para um lugar diferente do norte.

É tempo de ser árvore,
quando permanecer é liberdade,
independentemente da idade.

É tempo de ter tempo,
esse é o seu momento,
siga escolhendo e sabendo.

É tempo... É sempre tempo.


Deborah MM




quinta-feira, 14 de junho de 2018

A pedra e o vento

Tu me abracas-te todos os dias
Cantas-te em meus ouvidos
Abris-te caminho na areia
E assim como o sol
Tu se pôs
E amanheces-te levando as gaivotas do norte para o sul
Sob as ondas e o sol
Despedaço-me  pelo mar
Alguns grãos outro vento irá levar
Outros irão ficar
Não em mim, não no vento
Mas neste lugar do tempo
Em que o frio cortou a dureza
E foi possível sonhar
Em desafiar a natureza
Que deu ao vento o céu
Talento para ser leve como véu
E concedeu a pedra raizes
Sua cruz, seu porto e cicatriz
Pois nem todo final é feliz.

Deborah MM




segunda-feira, 11 de junho de 2018

Fórmula da vida

Quando feita a ferida,
achamos que sempre irá doer e sangrar,
não imaginamos que um dia,um dia
ela irá estancar e deixaremos para lá,
teremos a marca antiga,
mas seguiremos o fluxo como ondas no mar,
talvez ela se torne uma grande amiga,
que acompanhe para cá e para lá,
não escondida, apenas contida

E quando o tempo for já,
ela será a tua lembrança querida,
do melhor e do pior de caminhar,
permanecendo erguida,
esse é o sol a brilhar,
a fórmula da vida.

Deborah MM




quinta-feira, 7 de junho de 2018

Fim

Não há certeza maior,
que gostar do que não se sabe, na esperança do melhor,
desejando os prós

Sonhar de olhos abertos com o que não é,
como alguém de fé,
que aceita de olhos fechados como José

Não acordo e não durmo,
limbo, nirvana mudo,
todo dia e com tudo

 Até badalarem as buzinas,
sem ser bazinga,
acorda menina!

Deborah MM



Era uma vez...

História para contar
Quem poderia imaginar?
Que tudo que foi dito e vivido
Seria pelo tempo guardado e perdido

Deborah MM

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Aparentemente

As pessoas não são o que aparentam para você
Elas são o que são
E não o que você vê.

Deborah MM